quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Vasco empata com Sousa-PB e passa na Copa do Brasil

Torcida quer a saida de Mancini

O técnico Vágner Mancini esperava uma grande exibição do Vasco contra um fraco oponente, talvez uma goleada para aplacar o gosto amargo pela derrota na Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca). Mas o clima não ajudou e para um público de jogo de várzea o time cruzmaltino não saiu do empate por 0 a 0 contra o Sousa-PB, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Como havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1, a igualdade sem gols serviu para levar a equipe carioca à segunda fase, mas não sem ouvir protestos das 593 pessoas que pagaram ingresso, numa noite de muita chuva, para ver uma partida muito ruim.

Com o clima tanto dos céus quanto das arquibancadas pouco favorável e um time bem mexido por Mancini, era até compreensível uma atuação abaixo das expectativas. Os três atacantes não deram certo, principalmente Dodô e Robinho, e o Vasco foi obrigado a escutar os poucos torcedores gritarem "time sem vergonha".

Poderia ter sido pior. Logo aos três minutos, Fernando Prass fez ótima defesa em cabeçada de Evandro. Um minuto depois, foi Elton que respondeu para o Vasco, também de cabeça. Mas a bola não achou o gol. O mesmo Elton desperdiçaria chance incrível aos 10 minutos. Livre, dentro da área, chutou para fora. O mesmo fez Estênio, aos 33.

No segundo tempo, Rodrigo Pimpão entrou no lugar de Dodô, mas o panorama não mudou. O ligeiro Philippe Coutinho não encontrava o tempo da bola no campo pesado e fazia partida ruim. Por fim, serviu apenas para selar a classificação vascaína, mas a lupa já começa a ser colocada pelos torcedores sobre o trabalho de Mancini. E olha que o Vasco só perdeu uma partida neste ano.

O próximo rival vascaíno na Copa do Brasil será definido apenas no próximo dia 10. Nacional, do Amazonas, e ASA, de Arapiraca (AL), se enfrentarão em Manaus. Em Alagoas, na última quarta, houve um empate sem gols.

Ficha técnica

Vasco 0 x 0 Sousa-PB

Vasco - Fernando Prass; Fágner (Elder Granja), Fernando, Thiago Martinelli e Márcio Careca; Rafael Carioca, Souza e Philippe Coutinho; Robinho (Magno), Dodô (Rodrigo Pimpão) e Elton.
Técnico: Vágner Mancini.

Sousa-PB - Ricardo; Israel, Mir, Alysson e Camilo; Juninho (Hendrich), Estênio (Michel), Danilo e Ribinha (Leo Olinda); Manú e Evandro. Técnico: Suélio Lacerda.

Cartões amarelos - Fernando e Márcio Careca (Vasco); Mir, Camilo, Juninho, Estênio e Manu (Sousa-PB).

Árbitro - Jefferson Schmidt (SC).

Renda - Não disponível.

Público - 593 pagantes (1.294 no total).

Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Yahoo

Nenhum comentário:

Postar um comentário